Acesso Restrito


autoridade espiritual

SAIA DO TANQUE DE BETESDA

Como na época em que aconteceu a cura do paralítico que se encontrava no tanque de Betesda, hoje existem dois tipos distintos de pessoas que buscam alguma benção de Deus:

1. Multidão do Tanque de Betesda

O Tanque de Betesda simboliza o formalismo religioso onde uma multidão aguarda que um dia aconteça alguma coisa que os tire da situação em que se encontram.

Este grupo é levado pela superstição e pelo ritualismo.No Tanque de  Betesda  encontramos os seguintes pavilhões:

 

a) O pavilhão do egoísmo: " O primeiro que entrasse no tanque..." (João 5.4). Em Betesda, a benção era somente para o primeiro, com Cristo a benção é para todos.

b) O pavilhão do comodismo: " Nele jazia grande multidão... esperando o movimento..." (João 5.3). Aquelas pessoas estavam em total inatividade e indiferença. As escrituras nos incentivam sempre a buscar e lutar pelo que precisamos, e não ficar esperando algum movimento acontecer. Deus, logo após a morte de Moisés, disse a Josué: " Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais. Tão-somente sê forte e mui corajoso para teres cuidado de fazer segundo toda a lei que meu servo Moisés te ordenou...".

c) O pavilhão do favoritismo: "Não tenho ninguém que me ponha no tanque" (João 5.7). Os doentes ricos, pagavam turnos de empregados para os lançarem na água quando ela fosse agitada, aquele coxo, porém, não possuía condições para tal. Jesus nunca observou posição social para abençoar alguém! Aleluia!

d) O pavilhão da frustração: "Enquanto estou tentando entrar, desce outro antes de mim" (João 5.7). Aquele homem estava sofrendo a 38 anos em volta de uma esperança vazia "o tanque", que nunca o pode ajudar, em contrapartida, os evangelhos nos mostram que todos aqueles que foram sinceramente a Jesus, receberam a sua benção!

e) O pavilhão da cegueira espiritual: "... Senhor, não tenho ninguém que me ponha no Tanque..." (João 5.6,7). Ele não conseguia enxergar quem lhe falava! A pergunta de Jesus era simples e objetiva, mas aquele paralítico estava preso ao ritualismo do Tanque! Os rituais desprovidos de sinceridade e de poder de Deus, assim como as superstições religiosas afastam o homem de Cristo e da simplicidade do seu evangelho!

2. Multidão que segue Jesus

A palavra de Deus em Romanos 12.2 nos recomenda a não nos conformarmos com este século, mas que renovemos nossas mentes, para experimentarmos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Mas para isso temos que ter maturidade espiritual, só assim ouvimos a voz do Espírito Santo mostrando em nós o que é bom ou ruim. Por isso precisamos ser humildes para reconhecer que somos pecadores e dependentes 100% de Deus.

Deus opera milagres, faz maravilhas, atende orações, age poderosamente em favor dos homens, mas, qual o propósito dos milagres? Por que Deus os realiza? O propósito dos feitos de Deus é revelar o caminho. Deus nos atrai mediante seus feitos, e quando chegamos a Ele, nos mostra o seu caminho.

No ministério de Jesus vemos isto acontecendo. Seus milagres atraiam a multidão, e então Jesus ensinava a esta multidão os caminhos de Deus (Salmos 67:1-2).

Quando Jesus curou aquele paralítico, não só lhe concedeu um privilégio, mas colocou-o debaixo de responsabilidade. Ele teria que corresponder com Deus num novo nível. E isto foi identificado na mensagem que acompanhou o milagre: "Mais tarde Jesus o encontrou no tempo e lhe disse: olha que já estás curado; não peques mais, para que não te suceda coisa pior" (João 5:14).

E Jesus lhe pergunta: "Queres ser curado?" Você se importa com o seu problema o suficiente para fazer alguma coisa a respeito, mesmo que isso exija alguma ação, esforço, sacrifício ou até sofrimento da sua parte? Jesus espera de nossa parte o compromisso de segui-lo. Seguir a Jesus nos leva a fazer uma escolha:

a) negar o nosso próprio desejo e segui-lo;

b) ou manter o nosso próprio desejo e ficarmos sozinhos (Mateus 16:24).

Diferentemente das pessoas que estavam no Tanque de Betesda que esperavam a cura de tempos em tempos, temos que buscar nosso crescimento espiritual diariamente. Devemos buscar através da leitura e meditação da palavra de Deus nosso alimento espiritual:  "O pão nosso de cada dia dá-nos hoje..." (Mateus 9.11).

Em Josué 1:8 Deus falou "Não cesses de falar deste livro da lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido". Queres ter sucesso na vida? Se alimente primeiramente do Reino de Deus e as demais coisas lhe serão acrescentadas.

O  grande desafio de Deus para nós é nos mantermos na presença Dele. A presença de Deus, ela dever ser primeira desfrutada por cada um de nós. Mas o grande propósito de Deus de querer nos encharcar da presença Dele é que nós possamos transbordar isso nas vidas das pessoas.

Deus é um Pai amoroso. Ele conhece os nossos desejos, até os ocultos como Ele conhecia o daquele homem... Ele ignora a nossa choradeira e nos coloca a prova: Levante-se, diz Ele. Peque o seu problema e vá embora, não espere que os outros sintam pena de você, levante-se.

Quando Deus vê que somos obedientes a sua vontade e que estamos dispostos a fazer o que for necessário para ficarmos curados, Ele nos envia socorro de Jesus por meio de uma pessoa, de um versículo da Palavra ou de um pensamento que ele coloca em nossa mente.

Devemos seguir a orientação de Deus, pois ele nos criou e sabe exatamente o que precisa ser feito para nos curar.

Que Deus te abençoe!

Pr Vivaldo Pinto

galeriagospel

Go to top